Expresso FM
Patrocínio

Casa de prostituição em Patrocínio é fechada após reclamação de cliente

Os envolvidos e a responsável pelos estabelecimentos comerciais, foram conduzidos à Delegacia de Policia Civil.

10/05/2019 11h56Atualizado há 1 semana
Por: Expresso Notícia
Fonte: Módulo FM
Foto: Juliano Resende
Foto: Juliano Resende

A Polícia Militar, na tarde desta quinta-feira (09/05), prendeu algumas mulheres em flagrante delito pelo crime de casa de prostituição.

O local que estava sendo utilizado como ponto de encontro para programas sexuais, na rua Floriano Alves, bairro São Benedito em Patrocínio, em frente ao Terminal Rodoviário.

A Policia Militar deslocou até o local, onde o solicitante solicitou um registro de ocorrência referente a um desacordo comercial. No local lanchonete Dona ‘’Bela’’, usado como ponto de encontro para o favorecimento de prostituição.

Em conversa com a envolvida A. J. (feminina, de 19 anos) disse ter feito programa com o solicitante, H. P. B (masculino, de 52 anos) pela quantia de R$ 80,00, e que recebeu adiantado e que o ato foi consumado por ele. H. P. B ficou insatisfeito com o programa e acionou a polícia.

Militares em contato com l. M.N. (feminina, de 29 anos), responsável pelo estabelecimento, solicitaram a documentação para o funcionamento do local, a qual respondeu que não tinha em mãos.

Diante das irregularidades os militares, acionaram os fiscais da Prefeitura Municipal que estiveram no local e embargaram o estabelecimento comercial, por falta de documentação, sendo determinado o fechamento de imediato do estabelecimento, sob pena das medidas legais cabíveis.

Foi feita vistoria no local,  sendo constatado que no bar Dona Bela, havia várias mulheres tomando cerveja, durante fiscalização, foi detectado que havia um quarto que funcionava para encontros sexuais, inclusive foi encontrado vestígios e provas como camisinhas usadas espalhadas debaixo das camas e nas dependências do quarto, banheiro e outros. Três mulheres que estavam com alguns pertences no quarto, alegaram que o local realmente era usado para encontros sexuais, inclusive estavam na cidade para fazerem programas e que aquele local (bar), era conhecido como ponto de encontro dos clientes.

Policias Militares, descolocaram em uma pousada, localizada na rua Infante Vieira, nos fundos do bar Dona Bela, onde foi constatado que o local também funcionava para encontros sexuais,  uma camisinha usada foi encontrada no chão, sendo confirmado por H. P. B e A. J, que no local havia ocorrido o programa sexual.

 

 

 

l. M. Do N. (fem. de 29 anos), responsável pelos estabelecimentos comerciais, foi cientificada de seus direitos constitucionais na presença de testemunhas, à qual recebeu voz de prisão em flagrante.

 

 

 

Os envolvidos e a responsável pelos estabelecimentos comerciais, foram conduzidos à Delegacia de Policia Civil, permanecendo à disposição da justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.