Minas

Vizinho mata três da mesma família, inclusive criança, e tira a própria vida na sequência

O autor, um vizinho da família, de 52 anos, tirou a própria vida depois de atirar nos três, nas proximidades de onde moravam.

05/10/2019 16h07
Por: Expresso Notícia
Fonte: BHAZ
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Polícia Civil em Guaxupé, cidade localizada no Sul de Minas, irá investigar as circunstâncias e a motivação para um crime que terminou com três pessoas da mesma família mortas, nessa quinta-feira (3). Um homem de 48 anos foi assassinado ao lado da mulher, de 43, e do filho do casal, um garoto de apenas 10 anos. O autor, um vizinho da família, de 52 anos, tirou a própria vida depois de atirar nos três, nas proximidades de onde moravam.

De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas contaram ter ouvido disparos, por volta das 19h30, na altura do bairro Parque dos Municípios Dois. Uma mulher relatou ter visto o vizinho atirando contra o carro em que a família estava, na porta da garagem da residência dos três. Ela disse ter tentando gritar para que o autor não cometesse o crime, sem sucesso.

A testemunha relatou aos policiais que, depois de atirar contra a família dentro do carro, o homem caminhou por alguns metros e, na sequência, atirou contra a própria cabeça com duas armas. Ele morreu ainda no local.

Policiais militares que atenderam a ocorrência chegaram ao endereço do fato e se depararam com quatro vítimas: O homem de 43 anos morto dentro do carro, a mulher dele com parte do corpo para fora do veículo e o filho do casal a poucos metros dela. Mais para frente estava o autor, já sem vida.

A mulher e a criança chegaram a ser socorridos pelos policiais em uma viatura. Mãe e filho foram levados para um hospital ainda com sinais vitais. No entanto, não resistiram aos ferimentos e faleceram momentos depois.

Na cena do crime, policiais apreenderam duas armas usadas pelo autor do crime, uma pistola calibre .38 e um revólver .32. Posteriormente, realizaram buscas nas casas dos envolvidos e nada de ilícito foi encontrado na residência da família assassinada. Já na casa do homem que cometeu o crime, os militares localizaram várias outras armas, que também foram apreendidas.

Vizinhos da família e do homem que cometeu os assassinatos contaram que o autor tinha temperamento difícil e que não se dava bem com a própria família. Ainda segundo relatos, ele teria matado a família por conta de dívidas. No entanto, ninguém soube explicar outros detalhes. Agora, a Polícia Civil trabalha para entender o que realmente ocorreu no local.

Os corpos da família foram enterrados nesta sexta-feira (4) e a Prefeitura de Guaxupé decretou luto oficial de três por conta da morte deles.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.