SP

Mulher tem 80% do corpo queimado ao ser atacada pelo ex; homem morreu queimado

O homem também foi atingido pelo fogo e não resistiu aos ferimentos.

30/09/2019 20h27
Por: Expresso Notícia
Fonte: BHAZ
Foto: Repórter Naressi
Foto: Repórter Naressi

Câmeras de segurança de uma rua localizada na cidade de Pirassununga, em São Paulo, registraram o desespero de moradores da região para tentar salvar uma mulher dentro de um carro em chamas. O veículo em que ela estava foi incendiado pelo ex-namorado, nesse domingo (29). A vítima teve 80% do corpo queimado e chegou a ser socorrida em estado grave, mas morreu. O homem também foi atingido pelo fogo e não resistiu aos ferimentos.

Nas imagens é possível ver um grupo de pessoas tentando socorrer a técnica em enfermagem Luciene Ferreira Sena, de 39 anos. Ela havia acabado de deixar um plantão quando foi abordada pelo ex, Elisangelo Marconis Francisco dos Santos, de 41 anos. O homem teria agido por não aceitar o fim do relacionamento com a vítima.

Depois que Luciene foi resgatada, ela foi levada para a Santa Casa, onde foi internada e morreu horas mais tarde. Santos, por sua vez, foi levado para o mesmo hospital, mas morreu ainda nesse domingo.

No dia em que foi atacada, Luciene dirigiu por cerca de 100 metros pela rua Newton Prado quando Elisangelo usou um coquetel molotov para incendiar o carro em que os dois estavam. Depois, ele pulou para fora do veículo, com o próprio corpo em chamas, e tentou apagar o fogo, morrendo mais tarde.

O dono de um supermercado naquela região tentou ajudar a mulher juntamente com o filho dele. Os dois usaram extintores de incêndio para tentar conter as chamas, mas sem sucesso. O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local e controlou o fogo.

Testemunhas contaram que uma faca foi usada para que o corpo da mulher fosse retirado do carro, já que ela estava presa pelo cinto de segurança. No local do crime, a polícia apreendeu uma garrafa plástica com líquido inflamável, além de um isqueiro e um rojão. O caso foi registrado como tentativa de feminicídio qualificado por meio cruel.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.