São Vicente

Adolescente é estuprada pelos pais da melhore amiga; crime foi ‘combinado’ pelo casal

A garota tentou suicídio ao descobrir que foi violentada. O crime foi combinado pelo casal que assumiu a autoria.

27/09/2019 18h47Atualizado há 1 semana
Por: Expresso Notícia
Fonte: BHAZ
 Ocorrência foi encerrada na Delegacia da Defesa da Mulher (Google Street View/Reprodução)
Ocorrência foi encerrada na Delegacia da Defesa da Mulher (Google Street View/Reprodução)

Uma adolescente de 14 anos foi estuprada pelos pais das melhores amigas, após ser dopada em São Vicente (SP), na terça-feira (24). A garota tentou suicídio ao descobrir que foi violentada. O crime foi combinado pelo casal que assumiu a autoria.

A vítima dormiu na casa das amigas, pois durante o dia anterior ficou no local estudando e brincando com as meninas da mesma idade. Na terça-feira, a adolescente iria para a escola junto com as amigas, porém foi convencida pela mãe delas a ficar para que ajudasse na limpeza da casa.

Aos policiais, a adolescente contou que a mulher comprou um refrigerante e que, ao tomar a bebida, ficou tonta e sentiu as “pernas bambas”. Isso tudo, segundo a menina, aconteceu antes que começassem a limpar o imóvel.

Após passar mal, a adolescente ficou desacordada e foi levada ao quarto do casal. Antes de ficar totalmente inconsciente, ela relatou que chegou a ver o pai das amigas manipulando um preservativo. Ao acordar, a vítima percebeu que estava nua e viu o suspeito ao seu lado. Assustada, saiu do cômodo e encontrou as amigas com uma tia.

As mulheres perceberam o nervosismo da menina e acionaram a PM (Polícia Militar). A vítima foi levada até a delegacia e os policiais começaram a procurar pelo casal que tentou fugir pela rodovia dos Imigrantes, no sentido São Paulo. O casal confessou o crime e disse que o estupro foi combinado. A mãe da vítima disse que a filha tentou suicídio. “Estou chocada. Minha menina tentou se matar depois disso”, desabafou.

O homem continua preso e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. Já a esposa dele recebeu a liberdade provisória, no entanto, deverá cumprir uma série de determinações, como, por exemplo, não manter contato com a vítima e seus familiares.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.