Tapira

Suspeito de abusar de enteada é preso em Tapira

De acordo com a Polícia Civil, os abusos sexuais teriam começado quando a criança tinha 10 anos.

27/09/2019 14h35Atualizado há 1 semana
Por: Expresso Notícia
Fonte: G1
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (26) um homem de 33 anos suspeito de abusar sexualmente da enteada em Tapira, no Alto Paranaíba. A Polícia Militar (PM) apoiou a ação.

Segundo a Civil, os abusos teriam começado quando a criança tinha 10 anos e se estendido por cerca de cinco anos. As investigações da polícia apontam que ele ameaçava a enteada com uma arma de fogo e já chegou a agredi-la por ciúmes. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e um de prisão temporária contra o suspeito.

"Nós ficamos sabendo do caso através da Polícia Militar de Tapira após o sargento Alexandre ser procurado por familiares da vítima para fazer o registro da ocorrência. Ele fez algumas diligências para encontrar testemunhas e nos passou o caso. Nós instauramos o inquérito policial e continuamos as diligências. A vítima foi ouvida em um setor especializado da Delegacia de Mulheres em Araxá", explicou o delegado da Polícia Civil, Thiago Cruz.

O delegado contou que a vítima disse que o ato não chegou a ser consumado. "Ela contou que eles ficavam sozinhos em casa e ele obrigava ela a ficar nua. O homem, também nu, abusava dela e obrigava que a enteada o masturbasse", completou.

Thiago afirmou que foi feito um exame de corpo de delito que confirmou a narrativa da vítima, não sendo comprovado que houve conjunção carnal. "Porém, ela tinha uma pequena lesão no braço que, segundo a vítima, foi uma agressão que ela sofreu do homem por motivo de ciúmes perto do dia 20", finalizou o delegado.

O suspeito foi ouvido em Araxá e encaminhado para o presídio da cidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.