Guarulhos

Família morre após acender churrasqueira em casa para fugir do frio

A suspeita levantada pela investigação é de que a família tenha morrido por asfixia após inalar monóxido de carbono emitido pelos gases da churrasqueira.

11/07/2019 18h23Atualizado há 3 meses
Por: Expresso Notícia
Fonte: BHAZ
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Uma família com uma criança de dois anos morreu na cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo, após tentar escapar do frio que atinge a região acendendo uma churrasqueira no quarto.

A suspeita levantada pela investigação é de que a família tenha morrido por asfixia após inalar monóxido de carbono emitido pelos gases da churrasqueira.

Segundo a ocorrência, os três – pai, mãe e filho – foram encontrados mortos no quarto da residência na última terça-feira (9). Ao lado da cama havia uma churrasqueira de alumínio com restos de carvão. O Instituto Médico Legal vai investigar as causas da morte.

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, Pai e filho foram identificados como Uildes Lima Moreira, de 27 anos, e Brenno Pinheiro Moreira, de 2. A mulher ainda não foi identificada.

Caso semelhante

Em maio deste ano, seis turistas brasileiros morreram em Santiago, capital chilena, por inalação de gás de aquecedores. Os turistas estavam de férias em um apartamento alugado no Centro da cidade para comemorar o aniversário de 15 anos da jovem Karoliny Nascimento de Souza, que também foi uma das vítimas. O monóxido de carbono que vazou para o interior do apartamento onde a família estava foi a causa das mortes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.